I-CHING

Oráculo do I-Ching
Oraculo chino

Oráculo do I-Ching

Iching - O oráculo das mudanças

Estima-se que nasceu na China no ano 2.852 a. C.; o sábio imperador Fu-Shi recolheu esta técnica adivinhadora simbólica e organizou-a, fazendo a primeira ordenação do oráculo. O que era um sistema de adivinhação transmitido oralmente passou a ser um livro que convida a descobrir o grande homem que somos por dentro. Militares, reis, místicos e filósofos tem recorrido ao I-Ching, que ao ser recopilado num texto foi consultado mais vezes.

Um dos seus principais pesquisadores foi o rei Wen, quem o organizou em 64 hexagramas e acrescentou um texto explicativo baseado nos conhecimentos anteriores do Fu-Shi. O filho de Wen. Chou continuo aperfeiçoando o Livro das Mudanças e ampliou ponto por ponto os 64 hexagramas, esclarecendo o significado de cada uma das seis linhas que compõe as figuras.

O Ching não só responde a nossos conflitos íntimos, afetivos, triviais, problemas laborais, de saúde, angustias intimas, dúvidas, senão que pode dar respostas de ordem social e politico, já que com essa intenção foi concebido há milênios.

Tentar não fazer uma pergunta que se possa responder com um sim o não porque daria uma resposta incompleta ou equivocada. A pergunta correta se faz com preposições, que, quando, como, ou que,... Por exemplo: o que passará com minha relação com X pessoa se continuar dessa maneira. Porque si perguntar, por exemplo, como posso fazer para que meu namorado volte, vai dizer-te literalmente como estás fazendo para que seu namorado volte agora, então, tenha cuidado de como tu fazes a pergunta, a pergunta certa seria como devo comportar-me ou o que devo fazer para que meu namorado ou X pessoa aproxima-se.

Um hexagrama está composto por seis linhas que começam a escrever-se desde abaixo até arriba, seis linhas que serão cada uma ou linhas continuas ou linhas descontinuas. Cada hexagrama está composto por duas trigramas, três linhas de abaixo serão um trigrama e três linhas de arriba serão outro trigrama e assim é como vamos a poder identificar cada hexagrama dos 64 que se compõe o oráculo i-ching.

Normalmente vamos obter um hexagrama, mas também podemos obter duas hexagramas e teríamos que tomar como uma resposta complementaria algo no qual temos que bater pé firme nisso.

Vamos precisar seis tiragens para fazer um hexagrama completo, as linhas vão se formando desde abaixo até arriba, com o qual a primeira tiragem seja continua ou descontinua, vamos pôr abaixo do tudo, a segunda seguida encima, a terceira encima e assim até arriba do todo que será a sexta linha.

Cada hexagrama tem uma descrição geral e logo temos as descrições das Linhas que nos tem saído mutantes da cor vermelha, ou seja, só aparecerá se temos obtido um hexagrama mutante.